15 abril, 2018

ENTREVISTA #21 | Autor Guilherme Olí


1 - Como você percebeu que queria ser escritor?
Não foi tão rápido, sabe? Desde criança crio as minhas histórias, mas foi só mais perto dos 30 anos que achei que seria uma boa ideia mostra-las. Daí em diante não parei mais!

2 - Tem algum personagem favorito? Se sim, por quê? O que ele significa para você?
Geralmente eu me envolvo com a história como um todo, não costumo eleger um personagem favorito. Isso aconteceu uma única vez, com o Antoine do livro "Como me tornei estúpido" do Martin Page. Acredito que tenha sido pelo fato de estar vivendo uma situação muito parecida com a dela na época em que li (aquela fase da vida em que estamos meio sem propósito). Mas já passou, ufa!!


3 - Foi difícil chegar até uma editora e publicar seu primeiro livro?
Fiz um caminho um pouco diferente. Comecei publicando de forma independente antes de fechar com uma editora. Foi um tanto mais difícil, sim. E também gerou mais gastos para mim. Por outro lado, aprendi bastante sobre o mercado editorial e isso me deu uma bagagem muito boa!
Assinei contrato com uma editora só no segundo livro, então já estava mais por dentro de como as coisas funcionavam. Ainda assim, continuo gostando muito de produzir algumas coisas independentes, para ter uma liberdade criativa maior quando preciso dela.

4 - Você faz muitas pesquisas antes de escrever uma história?
Faço sim e acho isso essencial. Caso contrário, as histórias acabam saindo sempre muito baseadas na sua própria visão do mundo e prefiro diferenciar. Tem quem goste de apostar neste estilo e não vejo problema nenhum, é mais uma decisão pessoal de conduzir as histórias mesmo.
Além de pesquisar, também gosto de ouvir as pessoas e me inspirar com aquilo que elas compartilham comigo.

 5 - Existem muitas cobranças por parte de seus leitores?
Alguns me cobram para escrever histórias mais longas! O problema é que eu gosto demais desse estilo mais curto. Costumo brincar que são livros para preencher os tempos de espera que temos ao longo do dia como filas, intervalos, viagens etc. Literatura pra ansioso, sabe como é?
Enfim, quando me cobram por isso eu digo que sim, um dia com certeza vou escrever algo mais longo, fiquem tranquilos!

6 - Por que motivo escolheu esse gênero?
Há quem diga que o escritor é o seu primeiro leitor. E concordo com isso! Então, o primeiro motivo para escrever livros como os meus é pela identificação. Gosto de ler histórias assim.
Ah, e um segundo motivo é por ter mais facilidade em escrever dessa forma, talvez eu não conseguisse me dar tão bem fazendo um livro de terror, por exemplo. Bem, nunca se sabe, não é?

7 - Quais são seus projetos para um futuro próximo? Pretende lançar mais livros?
Sim! Tenho um novo livro pronto que vai sair nos próximos meses. Além dele, estou trabalhando em outros 4 livros para publicar ao longo dos próximos anos (se tudo der certo e alguma editora abraçar a ideia, vamos torcer!).
Fora a escrita, tenho um projeto chamado "Criando o hábito" dentro do canal no youtube Despaginando, em que vou indicar livros mais rápidos ou com uma escrita mais simples, como forma de incentivar a leitura, ajudando a criar o hábito em quem não costuma ler. Estou bem empolgado, mas ainda está no começo.

Gostaria de deixar algum recado para os leitores do Lost Words, e para seus futuros leitores?
Continuem lendo bastante, pessoal! O conhecimento adquirido nos livros ninguém vai poder tirar de vocês jamais. No mais, obrigado por todo o carinho e incentivo de sempre. Um abraço!

Sobre o autor:


Guilherme Olí nasceu em 1984 e mora em São Paulo, capital. Além de escrever, trabalha com projetos educacionais on-line. Este é o segundo livro do autor, ele também lançou em 2014 Remoto e Improvável, e participou de diversas coletâneas e contos.
Você pode ler os textos que o autor publica na internet no seu site, e em plataformas digitais.


Aonde comprar seu livro: 

PagSeguro (R$20 – direto com o autor, autografado): https://pag.ae/bdwKmgt

Livraria da Travessa: http://bit.ly/2zRIyW8 (verificar disponibilidade!)

E-book Kindle, na Amazon: http://amzn.to/2CP2yIz

Gostaram? Me conta aqui nos comentários.

Beijos!

7 comentários

  1. Bacana o autor escrever sobre o que ele mais se identifica e já ter seu processo de escrita, pois com isso, ele fica mais a vontade e as ideias surgem. Torço para que consiga publicar todos os seus livros!!

    ResponderExcluir
  2. Ô sua lindaaa!
    Tudo bem?
    Adorei as perguntas, e mais ainda as respostas.
    Nem conheço o autor, mas já p achei uma simpatia! Não havia ouvido falar de sua obra também, já corri pra dar uma olhadinha no enredo. Curti! <3

    Beijocas,
    Fabi Carvalhais

    ResponderExcluir
  3. Oi, Aline.

    Por o autor se aperfeiçoar e buscar melhor desenvolvimento para seus livros, mostra-se um grande potencial.

    ResponderExcluir
  4. Olá Aline.
    Achei genial quando o autor disse que para ele o primeiro leitor é ele mesmo, concorde que deve escrever algo no qual de identifique, até porque assim se torna prazeroso! Pela primeira vez vejo um autor dizendo que não elegeu um personagem favorito, e olha, estamos juntos, acho isso meio impossível, rsrs.
    Querido Guilherme, como alguns de seus leitores, também amo histórias longas, mas a momentos em que as mais curtos me conquistam mais, então continue assim...
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Boa noite Aline.
    Eu não conhecia as obras dele e nem ele, acho legal quando os autores falam de onde veio a inspiração para escrever seus livros e isso que os torna especial. Vou atrás da história dele para ler.

    ResponderExcluir
  6. Legal o autor, mas eu não o conhecia, nem as suas obras. Sempre conhecendo novos livros e autores nesse blog <3 hahaha
    Adoro saber da onde vem nossas histórias, vou pesquisar mais sobre os livros dele.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Boa noite Aline
    Que autor mais amorzinho
    Só pela entrevista vou atrás do livro
    Desejo muito sucesso ao Guilherme, muito bom escrever sobre o que gosta e tem uma ligação com as histórias.

    ResponderExcluir

Copyright © 2018 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo