23 janeiro, 2019

RESENHA | A Mulher Na Janela - A. J. Finn

Título: A Mulher Na Janela
Autor(a): A. J. Finn
Editora: Arqueiro
Páginas: 352
Gênero: Ficção / Literatura Estrangeira / Suspense e Mistério
Ano: 2018
Skoob
Nota: 4,5/5
Sinopse: Anna Fox mora sozinha na bela casa que um dia abrigou sua família feliz. Separada do marido e da filha e sofrendo de uma fobia que a mantém reclusa, ela passa os dias bebendo (muito) vinho, assistindo a filmes antigos, conversando com estranhos na internet e... espionando os vizinhos. Quando os Russells – pai, mãe e o filho adolescente – se mudam para a casa do outro lado do parque, Anna fica obcecada por aquela família perfeita. Até que certa noite, bisbilhotando através de sua câmera, ela vê na casa deles algo que a deixa aterrorizada e faz seu mundo – e seus segredos chocantes – começar a ruir. Mas será que o que testemunhou aconteceu mesmo? O que é realidade? O que é imaginação? Existe realmente alguém em perigo? E quem está no controle? Neste thriller diabolicamente viciante, ninguém – e nada – é o que parece. "A Mulher Na Janela" é um suspense psicológico engenhoso e comovente que remete ao melhor de Hitchcock.

Anna Fox é uma psicóloga infantil de 38 anos, mora sozinha em uma casa enorme onde antigamente era feliz com seu marido e sua filha. Anna sofre de agorafobia, uma fobia que a mantem presa dentro de casa. Ela passa seus dias vendo filmes antigos (em preto e branco), jogando xadrez (online), ajudando pessoas na internet e bebendo garrafas e garrafas de vinho, que misturados com os vários remédios que ela toma não é nada bom. Além disso, Anna dedica seu tempo sendo A Mulher na Janela, ela sabe da vida de todo mundo, aonde a pessoa foi, com quem saiu, o que acontece dentro de casa de cada um de seus vizinhos. Anna Foz sabe de tudo, ou quase tudo. 


Quando uma nova família se muda para o outro lado do parque, Anna fica vidrada em espiar os novos vizinhos; até que algo horrível acontece. Anna se vê em uma situação veemente que pode salvar a vida de alguém. Mas após esse episodio o leitor acaba se perguntando o que foi ou não real. Anna estava alucinando? Realmente aconteceu? O que aconteceu no passado de Anna para deixa-la assim? Várias perguntas surgiram durante a leitura, que só foram respondidas no final. Um final extasiante.


Quem acompanha o blog/insta sabe o quanto sou viciada em livros do gênero; fazia um bom tempo que eu estava querendo ler esse livro. Finalmente esse ano tive a oportunidade, no começo achei que não iria gostar, pois as expectativas estavam altas e o começo do livro um tanto parado. Mas as coisas começaram a melhorar e só consegui parar de ler depois de descobrir todo o mistério que envolvia Anna Fox.
Anna é aquela personagem que você quer acreditar, mas fica com certo receio por todos os problemas que ela está enfrentando. Mesmo assim, como mulher eu acreditei nela até o final, me doía ver a desconfiança de pessoas ao seu redor. Eu queria entrar no livro e ajuda-la, queria conversar com ela, entender tudo que estava acontecendo. Fazia algum tempo que não me sentia tão presa assim, a ponto de querer entrar no livro para ajudar a desvendar todo mistério. O final como eu já citei, foi alucinante. Eu realmente não esperava.  

Eu li a versão em e-book, mas adoro o trabalho da Editora Arqueiro e acredito que a versão física está incrível. 

A Mulher na Janela é um prato cheio para amantes do gênero. Você já leu? Quer ler? Me conta!

Aonde Comprar: Amazon

Beijos!

22 janeiro, 2019

RESENHA | Preciso te contar - Jonas Zair Vendrame

Título: Preciso te contar
Autor: Jonas Zair Vendrame
Editora: Amazon
Páginas: 17
Gênero: Contos / Drama / Ficção
Ano: 2018
Skoob
Sinopse: É a semana do natal e Andrey precisa muito contar algo às pessoas que são importantes em sua vida. Mas o que parece ser algo fácil de se fazer acaba por se tornar uma tarefa árdua, já que ninguém parece estar com tempo ou com disponibilidade para ouvi-lo. Um conto que retrata a nossa realidade e atualidade de maneira nua e crua. É preciso perder para se dar valor? Descubra a resposta juntamente com Andrey.
    
"Você está disposto(a) a escutar as pessoas ao seu redor? Um conto comovente. Terminei de ler com lágrimas nos olhos e dor no coração. Valorize quem você ama!" - Minha frase para o conto na Amazon.

O natal chegou e Andrey organizou a ceia com muito carinho para toda à família; Ele tinha algo extremamente relevante a dizer, mas infelizmente as pessoas estavam mais preocupadas em comer... Chegou a hora da foto em família, mas quem iria tirar a foto? Todos estavam dando desculpas. A noite não acabou como Andrey imaginava. Durante toda a semana ele tentou falar com pessoas importantes para ele, pessoas que ele acreditou que estariam sempre dispostos a escuta-lo. O que Andrey tem a dizer? Por que essas pessoas não param para escuta-lo? E você leitor, está disposto a ouvir Andrey?


Preciso te contar é um conto obrigatório para todas as pessoas. A narrativa é uma mistura de drama e mistério em relação ao que Andrey tem para revelar que me deixou fissurada até o último ponto final. Eu me coloquei no lugar do personagem e terminei a leitura muito emocionada, o Jonas tem o dom de me fazer chorar em seus contos/livros. Pasmem, o autor não escreve só terror e suspense, O Telefonema que Não Fiz e Preciso te Contar são exemplos disso, alguma dúvida do porque ele é meu autor favorito?! Ele manda bem em tudo o que escreve, tem o dom de prender o leitor em suas histórias e escrever com uma destreza que me faz querer ler até a sua lista de compras.

Preciso te contar é uma lição de vida, comecei a ver algumas coisas de forma diferente, e estar mais disposta para pessoas que precisam de mim. Andrey é um personagem adorável que me deixou com uma pergunta em mente 'quantos Andrey's já passaram pela nossa vida, ou quantos ainda vão passar?'. Sempre que leio histórias parecidas ou nesse sentido fico impressionada em como as pessoas estão cada vez mais orgulhosas e desumanas.

Indico a leitura para todos, leiam e depois me contem o que acharam.

Aonde Comprar: AMAZON 

Beijos!

21 janeiro, 2019

RESENHA | Colega de Quarto - Victor Bonini

Título: Colega de Quarto
Autor: Victor Bonini
Páginas: 279
Gênero: Literatura Brasileira / Romance policial / Suspense e Mistério
Ano: 2015
Skoob
Sinopse:Eric Schatz, carioca que se mudou para São Paulo por conta do curso universitário, começa a perceber indícios de que há mais alguém frequentando o seu apartamento.
Primeiro, um par de chinelos.
Então, uma outra escova de dentes. Um micro-ondas que é ligado sozinho durante a noite, barulhos estranhos a qualquer hora e luzes que se apagam de modo misterioso.
Até que, em determinada noite, Eric enxerga o vulto do colega de quarto entrar em seu apartamento pela porta da frente.
Desesperado, o rapaz vai atrás de um detetive particular, mas parece ser tarde demais. Em menos de 24 horas, tudo acontece de modo acelerado e depois de uma ligação desesperada, cortada abruptamente, Eric despenca da janela do seu apartamento.
Em seu livro de estreia, o autor nos apresenta uma história urbana de tirar o fôlego. Um mistério que passa por uma relação familiar complicada, suspeitas por todos os lados, e camadas e camadas de culpados. Há alguém inocente?
Colega de Quarto apresenta a história de Eric Schatz, um carioca que por conta da faculdade mora em um apartamento de luxo no Royal Residence, localizado em São Paulo. Eric mora sozinho, mas coisas estranhas começam a acontecer em seu apartamento, o micro-ondas liga sozinho de madrugada, a descarga é acionada, um chinelo extra aparece, e até uma escova de dentes a mais surge em seu banheiro. Eric começa a ficar preocupado, e então vê um vulto em seu apartamento. Desesperado, procura um detetive particular, mas ele não dá importância para um garoto rico e mimado que acha que dinheiro compra tudo. Eric volta para seu apartamento e despenca da janela. Suicídio ou homicídio? Lyra terá que descobrir.


Conrado Bardelli (Lyra) é advogado e detetive particular. Em uma madrugada comum em seu escritório resolvendo casos de divorcio, ele é surpreendido por uma visita inesperada. Um jovem que alega ter um 'colega de quarto'; Lyra acha que o garoto está louco ou coisa do tipo e o dispensa. Logo depois recebe uma ligação de Eric e mais tarde fica sabendo de sua morte. Sentindo um pouco de culpa, nosso detetive vai fazer o impossível para desvendar esse mistério, ele acredita que Eric não se matou. Vai investigar sua família, seus amigos e namorada. E em meio disso, descobrir segredos que deixariam qualquer um perturbado. Quais são esses segredos? Quem é o 'colega de quarto' de Eric?

Em seu romance de estréia, Bonini mostra seu talento. Colega de Quarto é um livro com uma trama envolvente e muito bem elaborada. Teorias criadas por mim não foram atendidas, o autor conseguiu me surpreender e me deixar estupefata com o final.
A história é dividida em três partes com capítulos curtos (o que torna a leitura mais rápida), o autor conseguiu desenvolver habilmente cada personagem, tanto suas personalidades quanto seus segredos. Em Colega de Quarto, ninguém é 100% inocente, e Lyra vai nos mostrar o quanto as pessoas fazem de tudo por ganancia e dinheiro. Além disso, quero destacar o detetive, Lyra é muito bem elaborado, foi o personagem mais bem trabalhado na minha opinião. Ele não tem medo de ir atrás das pistas e muito menos de usar de artimanhas para conseguir o que quer e o que acredita.

A edição da Faro Editorial está mais uma vez incrível.

Cuidado, o próximo a ter um colega de quarto pode ser você!

Aonde Comprar: AMAZON 

Beijos!
Copyright © 2018 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo