11 julho, 2019

RESENHA | Tê Rex: Spoilerfobia: Volume 1

Título: Tê Rex: Spoilerfobia: Volume 1
Autor(a): Marcel Ibaldo e Marcelli Ibaldo
Editora: AVEC
Páginas: 96
Gênero: HQ, comics, mangá
Ano: 2018
Skoob
Nota: 5/5
Link para Compra
Sinopse: Tê Rex é uma dinossaura nerd desbravando mundos fantásticos que habitam as obras que coleciona. Para sobreviver na pré-história, enfrenta preconceitos, bullies e os malditos SPOILERS.
Embarque nessa viagem no tempo a uma era onde os dinossauros dominavam a Terra, e em que encontrar uma HQ não amassada na banca era uma guerra Infinita. 
Quero começar essa resenha enaltecendo os autores desse quadrinho, vocês acreditam que as ilustrações foram feitas pela Marcelli?! Uma menina de 11 anos; e o roteiro pelo seu pai. É aquele tipo de livro que você pega e já sente o coração quentinho sabe?! APAIXONADA!


10 julho, 2019

RESENHA | Ben Jorge Contra-Ataca o Suco de Orge e Outros Poemas

Título: Ben Jorge Contra-Ataca o Suco de Orge e Outros Poemas
Autor(a): Leonardo Ben
Editora: Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 176
Gênero: Poemas / Literatura Brasileira
Ano: 2018
Skoob
Nota: 4,5/5
Link para Compra
Sinopse: SALVE, SIMPATIA!
Imagine o que o síndico Tim Maia poderia ter a ver com Manuel Bandeira. E Carlos Drummond de Andrade com Jorge Ben Jor. O que aconteceria se Fernando Pessoa revolvesse entrar em uma guerra com seus heterônimos? Uma mesma pessoa poderia ter a ver com “Priscilla, a rainha do deserto” e São Jorge? E São Jorge, por sua vez, com “Star Wars”?
Neste livro, um mesmo capítulo pode fazer referência a um ator cômico como Leslie Nielsen e a meditações filosóficas sérias. Ou, também, você poderá deparar com um ponto em comum entre Luis Fernando Veríssimo e Álvaro de Campos, ou duas visões completamente opostas sobre Machado de Assis.
Para compreender essas misturas improváveis, é preciso mergulhar nesta obra – estreia de Leonardo Ben –, que busca aproximar os mundos da poesia e da música brasileira de modo original e irreverente.
LEONARDO BEN é o nome artístico de Leonardo Borges Calderoni. Nasceu em 1987, na pauliceia desvairada, onde vive até então. Formado em Relações Internacionais pela USP, acabou mudando de rumo ao descobrir que sua vida é fazer arte. Sua grande paixão é tentar aproximar os mundos da poesia e da música. Compõe junto com o músico Gabriel Oliveira a dupla Garotos do Ben e sua única certeza, hoje, é que fará poesia para o resto da vida.
Poesia + música + literatura nacional = perfeição.
Ben Jorge Contra-Ataca o Suco de Orge e Outros Poemas me fez embarcar em uma vibe completamente diferente de tudo que já li e senti; uma mistura de poemas reflexivos, divertidos, tristes, cheios de amor e amizade; e claro, referências à MPB, autores consagrados da nossa literatura nacional e acontecimentos do nosso país.


09 julho, 2019

RESENHA | Dois Irmãos, uma Guerra - Ben Elton

Título: Dois Irmãos, uma Guerra
Autor(a): Ben Elton
Editora: Jangada
Páginas: 496
Gênero: Ficção / Literatura Estrangeira
Ano: 2014
Skoob
Nota: 4,5/5
Link para Compra
Livro cedido pela Editora
Sinopse: Dois Irmãos, Uma Guerra é a história comovente de dois garotos - um judeu e seu irmão adotivo ariano -, criados como gêmeos, à sombra do Nazismo.
Nascidos em Berlim, em 1920, e criados por pais judeu-alemães, no início as origens dos irmãos são irrelevantes. Mas, com a mudança do cenário político, eles acabam em lados opostos durante a Segunda Guerra Mundial - um fazendo parte da Waffen-SS e o outro, do exército britânico - e têm que se confrontar com uma escolha inimaginável, que mudará completamente o destino de ambos. Qual deles sobreviverá? Como irão enfrentar a terrível verdade oculta em seu passado?
Dois Irmãos, Uma Guerra apresenta a história da família Stengel, o casal Frieda e Wolfgang , ainda jovens tiveram gêmeos, mas infelizmente um nasceu morto; ao mesmo tempo, no mesmo hospital, uma mãe morre no parto, e os avós decidem dar a criança para adoção; assim o bebê é oferecido a família Stengel, eles aceitam e acreditam que os gêmeos estão de volta, mesmo o bebê não sendo judeu, assim como eles.
Isso tudo acontece um pouco depois da primeira guerra, até a trama avançar para a segunda guerra; em meio a esse período acompanhamos o crescimento dos gêmeos, como eles são inseparáveis; Otto e Paulus até chegam a se apaixonar pela mesma garota, até que o rumo da vida de todos muda, os caminhos se separam pelo regime nazista. Qual deles vai sobreviver? Eles agora estão em lados opostos da guerra, e o segredo de infância vêm a tona.


04 julho, 2019

RESENHA | A Grande Solidão - Kristin Hannah

Título: A Grande Solidão
Autor(a): Kristin Hannah
Editora: Arqueiro
Páginas: 400
Gênero: Ficção / Literatura Estrangeira
Ano: 2018
Skoob
Nota: 5/5
Link para Compra
Livro cedido pela Editora
Sinopse: Atormentado desde que voltou da Guerra do Vietnã, Ernt Allbright decide se mudar com a família para um local isolado no Alasca.
Sua esposa, Cora, é capaz de fazer qualquer coisa pelo homem que ama, inclusive segui-lo até o desconhecido. A filha de 13 anos, Leni, também quer acreditar que a nova terra trará um futuro melhor.
Num primeiro momento, o Alasca parece ser a resposta para tudo. Ali, os longos dias ensolarados e a generosidade dos habitantes locais compensam o despreparo dos Allbrights e os recursos cada vez mais escassos.
Porém, o Alasca não transforma as pessoas, ele apenas revela sua essência. E Ernt precisa enfrentar a escuridão de sua alma, ainda mais sombria que o inverno rigoroso. Em sua pequena cabana coberta de neve, com noites que duram 18 horas, Leni e a mãe percebem a terrível verdade: as ameaças do lado de fora são muito menos assustadoras que o perigo dentro de casa.
A Grande Solidão é um retrato da fragilidade e da resistência humana. Uma bela e tocante história sobre amor e perda, sobre o instinto de sobrevivência e o aspecto selvagem que habita tanto o homem quanto a natureza.
Antes de tudo, se for ler esse livro, pegue os lencinhos...

Ernt acabou de retornar da guerra do Vietnã para sua cidade natal, e junto acaba trazendo muito mais que as pessoas ao seu redor podem imaginar.
Em busca de mudança, Ernt junto com sua família, a esposa Cora e a filha de 13 anos Leni partem para o Alasca.
Ernt e Cora se conheceram quando ela tinha apenas 17 anos, e acabou engravidando. Uma família nômade que viu seu mundo desabar assim que Ernt é convocado para a guerra. E quando retorna é uma casca do homem que um dia já foi, agora é apenas dor e ódio. Cora só quer o antigo marido de volta, quer que ele se sinta seguro e amado. Ela é aquela esposa que faz de tudo pelo marido, ao mesmo tempo que Leni só quer ver o pai bem. Mas o Alasca trás muito mais que o frio lá fora, dentro de casa um frio temeroso se instala; não basta uma mudança geográfica para as coisas mudarem, o passado precisa ser superado, uma família em busca de paz e superação, mas que acaba encontrando algo bem mais profundo. O amor pode superar tudo? 


03 julho, 2019

ENTREVISTA COM AUTORES #58 | AUTORA GIOVANA TAVEIRA


1 - Como você percebeu que queria ser escritor(a)?
Sempre gostei de ouvir histórias e, quando eu era criança, meus pais liam para mim ou até mesmo inventavam narrativas. Minhas brincadeiras eram bem lúdicas nesse sentido, e eu sabia que um dia gostaria de contar histórias também, em vez de apenas escutar.

2 - Tem algum personagem favorito? Em modo geral ou do seu(s) livro(s)? Se sim, por quê? O que ele significa para você?
Acho que cada personagem me marca de um jeito, mesmo os que não são escritos por mim. Eu não conseguiria selecionar apenas um, porque eles significam coisas diferentes e são importantes de jeitos diferentes. Eles constroem o que eu sou e me ensinam muito.

3 - Como foi para você, entrar no mundo literário?
Foi como expandir meus horizontes. Quando estamos nesse meio, começamos a perceber coisas que nem sabíamos da existência e passamos a valorizar mais o trabalho de alguém. Não foi fácil, estar nele também não é fácil, mas é prazeroso e recompensador ao vermos o que aprendemos pelo caminho.

4 – Você faz muitas pesquisas antes de escrever uma história?
Bastante. Eu sempre estou pesquisando, mesmo quando tenho certo domínio do tema. É importante demais e enriquece a trama. Uma boa pesquisa pode não salvar uma história ruim, mas, com toda certeza, uma pesquisa ruim destrói um enredo maravilhoso.

Copyright © 2019 | Design e Código: Sanyt Design | Uso pessoal • voltar ao topo