21 maio, 2018

RESENHA | Os Dois Fazendeiros - Matheus Zucato

Título: Os Dois Fazendeiros
Autor(a): Matheus Zucato
Editora: Autografia
Páginas: 68
Gênero: Ficção / Nacional / Suspense e Mistério
Ano: 2018
Skoob
Nota: 5/5
Ebook cedido pelo autor
Sinopse: Dois velhos e viúvos fazendeiros, habitantes da pacata cidadezinha mineira de Caminho da Fé decidem encerrar de uma vez por todas uma disputa que estava adormecida há décadas: declarar o dono daquelas terras ao lado sul de suas fazendas.
Os filhos, desaparecidos ainda crianças naquele lugar, acreditavam que lá existia alguma coisa má. O livro mostra os relatos que ambos os homens escreviam naqueles dias, os quais estão recheados de batalhas psicológicas, terror, suspense e planos de assassinar um ao outro. Com um final intrigante e surpreendente, o livro não desaponta quem busca uma literatura diferenciada que prenda o leitor às suas páginas, buscando incessantemente pelo desfecho.
Em Os Dois Fazendeiros vamos conhecer Enrico e João Brasta, dois fazendeiros e vizinhos. Eles moram em Caminhos da Fé - Minas Gerais, comum por suas plantações de café, mas as fazendas de ambos se diferenciam por ter algo além de café, a de Enrico tem bois, porcos e galinhas, enquanto a de Brasta tem feijão, laranja e algodão, os únicos que cultivam coisas diferentes na região.

Não se deixe enganar pela foto fofa, Os Dois Fazendeiros é um livro com muito mistério


Enrico e Brasta são viúvos e sem filhos. Entre suas fazendas existe um pedaço de terra, onde o orgulho dos dois sempre fala mais alto, eles disputam por esse pedaço de terra a anos, e foi tarde demais quando descobriram que essa terra poderia trazer consequências malignas.

Em uma noite, Brasta vai a fazenda de Enrico e em meio a música sertaneja e pinga, Enrico conta sobre situações sobrenaturais, com relatos que apresentam até mesmo provas de serem reais.
Mas o que aconteceu na fazenda? Por que ambos estão viúvos? Esse pedaço de terra que traz tanta disputa é realmente amaldiçoado? O que a noite promete para esses dois fazendeiros?

"O silêncio é a porta da entrada da tristeza! Não importa o quanto um ser humano goste de ficar sozinho e/ou odeie estar em multidões:  pois em multidões, um lobo solitário cria o incômodo, e do incômodo vem a raiva. Mas ambos são facilmente superáveis frente à tristeza.  E a tristeza e a solidão são duas irmãs que se visitam esporadicamente, bastando haver oportunidade."

Assim que vi a capa desse livro me interessei, ela passa um enigma, algo que chama para entrar na história e descobrir os segredos que assolam Enrico e Brasta. E a leitura não foi diferente do que eu imaginava, é um livro que envolve o leitor desde o começo, tem uma escrita mais elaborada, que poderia deixar a leitura maçante, mas não, a história prende, e as histórias contadas por Enrico são apavorantes, eu li o livro a noite e me vi assustada com o que era relatado pelo fazendeiro.

Apesar das poucas páginas os personagens são bem construídos, e não fica nenhuma ponta solta, o autor finaliza a obra com aptidão e o final surpreende, eu não imaginei nada do que aconteceu, então foi uma sensação bem diferente ao chegar nas últimas páginas.

Já perceberam que eu adorei né? Me conta aqui nos comentários sua opinião.


Beijos!

15 comentários:

  1. Oi, Aline.

    Mesmo o enredo se tratando de dois personagens rivais, o que paira no ar, é essa questão de ambos terem algo em comum que os interliga, provocando no leitor a vontade de descobrir tudo acerca deles.

    A união deles em querer desvendar todo o mistério que os envolve, sem dúvidas, seria crucial para encontrar respostas, que também faz o leitor querer saber.

    ResponderExcluir
  2. Oi Aline!
    Eu gostei da premissa desse livro, parece ser uma história bastante interessante e que prende à atenção do leitor. Eu leria mesmo não sendo um gênero que leio normalmente. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Sempre que tenho oportunidade compro algum livro que você indica e esse é mais pra minha lista
    Gosto MUITO desse tipo de história,ainda mais em uma fazendo que na minha opinião se torna bem macabra dependendo do jeito que imaginamos ksks
    E nem se fala dessa capa lindaa

    ♡♡♡

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline,
    Confesso que esse livro não chamou muito minha atenção. Essa coisa de briga por fazendas não pareceu muito interessante.

    ResponderExcluir
  5. A citação que escolheu já me puxa para querer conhecer a obra. É raro ver algo com tão poucas páginas e espaço para a construção do cenário. Gostei disso e gostei do toque de suspense presente nele.

    ResponderExcluir
  6. A história é bem interessante, me interessei por ela, e só pela resenha já estou pensando em como seria o final. Tenho a impressão de que o pedaço de terra não é amaldiçoado não, mas quem sabe que supresas a leitura reserva.. Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Primeiramente: ESSE PORQUINHO É MUITO LINDO! QUERO ESMAGAR ELE DE TANTO ABRAÇAR E BEIJAR <3 (pronto, desabafei kkkkk)
    O livro parece bem interessante, a sinopse me confundiu um pouco e a resenha esclareceu minhas dúvidas. Apesar da rivalidade, os dois fazendeiros possuem entre si algo muito maior que isso, sendo bom ou ruim. Sou aquela medrosa curiosa que não pode ver a frase "o final foi surpreendente" que minha ansiedade já vem a tona pra saber mais sobre isso kkkkkk
    Quando ler, com certeza vou ler de dia e com várias pessoas perto, só por precaução né haushausha
    Beijão!!

    ResponderExcluir
  8. Olá Aline.
    Amo suspense, e livros curtos. Parece ser a combinação perfeita para que um livro te prenda e que você o leia rapidamente.
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  9. Adoro livros de suspense e, ao ler essa resenha, confirmei o que achei sobre o livro, lendo a sinopse! Dá para perceber o quanto esse livro atinge seu psicológico, através dos personagens e das situações sobrenaturais que viveram! Sei que vou ler esse livro em uma vez, pois é bem fino(além de prender o leitor do início até o fim)!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Aline
    Gostei de saber que é um livro que prende o leitor,amo livros envolventes e com mistérios, e esse livro abrangeu minha curiosidade.
    Estou precisando ler um livro com aquele suspense gostoso, amei a indicação e essa capa realmente parece que mostra que a algo mais através dela.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  11. Olá! A capa do livro esta bem interessante e aguça a minha curiosidade em querer conferir a histórias, apesar de fugir um pouco do gênero terror, acredito que o que fala mais auto durante a leitura é o suspense/mistério de descobrir o que aconteceu.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Aline!
    Adoro um suspense e já fui no wattpad ler as primeiras páginas do livro.
    Estou bastante curiosa para ler o livro todo e saber o que tem de misterioso nessas terras com esses fazendeiros viúvos, e mineiros (sou mineira).
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oiee!
    O enredo me pareceu bem coisa de novela,fazendeiros rivais rsrs
    O livro não me fisgou, mesmo tendo isso de rivalidade que eu curto, ainda assim não me interessei.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  14. primeiro que eu estou apaixonado por essa foto
    coisa fofa de chapéu quero morder
    quero muito saber o que aconteceu com as esposas dos dois fazendeiros
    esses mistérios em livros me prendem

    ResponderExcluir
  15. O título me faz imaginar dois homens "chucros" brigando pelas terras em uma época mais simples kkkkkkk
    Gostei, quero descobrir esse mistério da terra amaldiçoada.

    Bjsss

    ResponderExcluir