10 julho, 2019

RESENHA | Ben Jorge Contra-Ataca o Suco de Orge e Outros Poemas

Título: Ben Jorge Contra-Ataca o Suco de Orge e Outros Poemas
Autor(a): Leonardo Ben
Editora: Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 176
Gênero: Poemas / Literatura Brasileira
Ano: 2018
Skoob
Nota: 4,5/5
Link para Compra
Sinopse: SALVE, SIMPATIA!
Imagine o que o síndico Tim Maia poderia ter a ver com Manuel Bandeira. E Carlos Drummond de Andrade com Jorge Ben Jor. O que aconteceria se Fernando Pessoa revolvesse entrar em uma guerra com seus heterônimos? Uma mesma pessoa poderia ter a ver com “Priscilla, a rainha do deserto” e São Jorge? E São Jorge, por sua vez, com “Star Wars”?
Neste livro, um mesmo capítulo pode fazer referência a um ator cômico como Leslie Nielsen e a meditações filosóficas sérias. Ou, também, você poderá deparar com um ponto em comum entre Luis Fernando Veríssimo e Álvaro de Campos, ou duas visões completamente opostas sobre Machado de Assis.
Para compreender essas misturas improváveis, é preciso mergulhar nesta obra – estreia de Leonardo Ben –, que busca aproximar os mundos da poesia e da música brasileira de modo original e irreverente.
LEONARDO BEN é o nome artístico de Leonardo Borges Calderoni. Nasceu em 1987, na pauliceia desvairada, onde vive até então. Formado em Relações Internacionais pela USP, acabou mudando de rumo ao descobrir que sua vida é fazer arte. Sua grande paixão é tentar aproximar os mundos da poesia e da música. Compõe junto com o músico Gabriel Oliveira a dupla Garotos do Ben e sua única certeza, hoje, é que fará poesia para o resto da vida.
Poesia + música + literatura nacional = perfeição.
Ben Jorge Contra-Ataca o Suco de Orge e Outros Poemas me fez embarcar em uma vibe completamente diferente de tudo que já li e senti; uma mistura de poemas reflexivos, divertidos, tristes, cheios de amor e amizade; e claro, referências à MPB, autores consagrados da nossa literatura nacional e acontecimentos do nosso país.



Uma obra original e ao mesmo tempo audaciosa. Poemas que me fizeram absorver coisas únicas.
O livro é dividido por volumes, com temas diferentes que conseguem agradar a todos; com uma escrita leve e intensa.

A primeira coisa que me chamou atenção nesse livro foi a capa, e o título. Eu nem imaginava que após ler ficaria cativada pelas 176 páginas recheadas de poemas profundos; e a capa seria apenas mais um detalhe.

"Para que vivamos sem dor,
Há que deixar os amores morrer
Sem mais reclamar ou sofrer;"
- Trecho do poema 'O Criador de Fênix', pág: 37.

Como disse, vai ter algum poema ou algum volume que você vai se identificar, então indico para todos os leitores, de qualquer idade. E até mesmo para quem nunca leu poemas, é um ótimo livro para começar. Vamos valorizar nossa literatura <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2019 | Design e Código: Sanyt Design | Uso pessoal • voltar ao topo