14 março, 2018

RESENHA | Um Eduard - Luciano Quemello Borges

Título: Um Eduard
Autor(a): Luciano Quemello Borges
Editora: Papirum
Páginas: 173
Gênero: Ficção / Romance / +18
Ano: 2017
Skoob
Nota: 4,5/5
Livro cedido pelo autor
Sinopse: Um homem atormentado e uma psicóloga são os personagens centrais de uma obra que trata dos conflitos contemporâneos, sejam os amorosos ou os superficiais, numa época em que o encantar-se, o apaixonar-se, o gostar e o amar se confundem. O livro traz à tona a reflexão sobre o medo de acreditar na existência de alguém ideal para se envolver, os encontros e desencontros com corações de isopor e as cansativas paixões de porcelana, quase sempre influenciadas pelas redes sociais e pelos aplicativos de conversas

Um Eduard nos apresenta dois personagens, que são muito mais reais do que imaginamos. Eduard é um homem de 33 anos, que vive dormindo em hotéis e motéis. Ele é manipulador, e usa isso a seu favor. Existe muitas mulheres na sua vida, mas ele está longe de querer algo sério, Eduard é muito bonito, misterioso e todas suas 'conquistas' elogiam seu poder na cama.
Já a psicóloga Claire é casada, mas passa por um momento muito difícil, seu marido está desempregado, e pelo pensamento 'machista' não se conforma com Claire sustentando a casa, nisso ele começa a tratar ela mal, e beber muito.



Eduard é o novo cliente de Claire, momentos antes da primeira consulta eles se encontram um uma padaria, Claire já saindo para ir até seu consultório, e Eduard que bebeu muito na noite anterior, sendo manipulador mais uma vez e chamando a atenção da atendente do local.
Na consulta Eduard de cara estabelece regras, e conta que na noite anterior dormiu com 2 prostitutas, e acabou de estourar o limite do seu cartão. Ele é acostumado a fazer isso, mas cada vez se sente mais vazio, o que deixa Claire intrigada para descobrir o que Eduard esconde.
Mas essa nova etapa na vida de ambos vai ser muito mais significativa do que os personagens e leitor pensam. E muitas coisas podem vir a acontecer.

"Conheci moleques que tinham 30 anos de idade, ao passo que estive com verdadeiros homens que nem haviam completado 18. A diferença está na conduta, e não nos anos vividos. Moleques seduzem e manipulam. Homens seduzem, mas assumem o que conquistam. Moleques se envergonham do que sentem, enquanto homens declaram seu amor e entregam flores de joelhos. Moleques têm pressa na cama. Homens não. Eles são pacientes, sabem muito bem o que fazer, como fazer e quando fazer. Você quer mesmo encontrar a mulher que lhe fará feliz? Então, pare de reclamar do destino e coloque esse moleque para dormir."

Ai gente, que livro, o autor tem uma leveza na escrita, e um modo de conquistar que é impressionante. No começo eu achei o Eduard um completo idiota, apenas atrás de sexo, e aventuras, esbanjando dinheiro e bebendo. Mas ele me conquistou, as suas palavras no livro, sobre paixão de metrô, sobre casamento, decepção, e amor verdadeiro me tocaram.
Eu senti que Eduard tinha dores profundas, daquelas que ficam na alma sabe? Assim como Claire eu queria ajudar ele, mas ele ajudou ela e a mim. Como pode um personagem ter um poder tão grande assim?
O final deixou meu coração acelerado, e os olhos cheios de água, eu preciso de uma continuação, espero que o autor não me torture por muito tempo haha
Adorei a critica referente aos relacionamentos superficiais de hoje em dia, como disse no começo da resenha os protagonistas tem muito de nos, e de pessoas ao nosso redor.

A edição está com páginas brancas, e não possui orelhas, mas a fonte está em bom tamanho, o que ajuda a leitura fluir ainda mais. Os capítulos são intercalados entre os dois protagonistas, e o autor muda a fonte quando é colocado troca mensagens.

Gostaram? Me conta aqui nos comentários.


Beijos!

6 comentários

  1. Oi, Aline.

    É um livro profundo, né? Que foi capaz de mostrar um outro lado do Eduard, bem como suas proezas.

    ResponderExcluir
  2. Eu já tinha visto em alguns Igs a resenha desse livro, só aí que fui conhecer o autor e esse livro. A capa e bem simples e singular, mas quando li a premissa da história achei bem interessante. ^_^♡♡

    ResponderExcluir
  3. Achei muito interessante e bem diferente afinal não vi mais nenhum blog ou instagram falando acerca desse livro e você conseguiu me prender para ficar com muita vontade de ler, já quero, pena que não curti muito a capa, poderia ser mais elaborada!

    ResponderExcluir
  4. Achei muito em cima interessante Já anotei o nome do livro que eu estou morrendo de amores interessante essa questão do machismo do marido da psicóloga que é realmente é uma coisa muito comum na sociedade apesar de não ter gostado muito da capa eu tô boquiaberta com a história e bem impressionada porque o livro é bem curtinho

    ResponderExcluir
  5. Fiquei bem empolgada em ler o livro.Achei bem interessante essa motivação por trás das atividades idiotas de Eduard.E como você bem disse,os personagens são totalmente críveis,é fácil de imaginâ-los e se envolver com suas histórias.
    Já querola ler!

    ResponderExcluir
  6. Eu não tinha visto falar sobre esse livro, mas parece ser muito interessante , gostei da resenha pela forma que você explicou os acontencimentos na vida de Claire e Eduard, ainda mais que esse livro amostra fatos que acontecem na vida real e faz a gente se envolver mais com ele, obrigada pela indicação.
    Bjss!!!!

    ResponderExcluir

Copyright © 2018 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo