27 agosto, 2017

ENTREVISTA | Autora Amanda Reznor


Oi gente, tudo bem com vocês?
Antes do blog ser hackeado eu tinha uma coluna aqui no blog de entrevistas com autores, como tudo foi excluído perdi algumas coisas, mas desistir jamais né? Então para reinaugurar essa coluna vim trazer a entrevista com a Amanda Reznor, tem resenhas dos dois livros dela aqui no blog, Delenda (aqui), e Noite à Deriva (aqui). Mas chega de enrolar e vamos para a entrevista:

1 - Como você percebeu que queria ser escritor(a)?
Primeiramente, muito obrigada pela oportunidade de estar aqui com vocês no Blog Lost Words! :D <3 Então, na verdade não foi uma decisão assim repentina; eu comecei a escrever poemas e quadrinhos quando tinha sete anos, além de pequenas redações escolares, que as professoras elogiavam bastante. Meus pais se separaram nessa fase, e com isso eu acabei usando a escrita para fugir da tristeza que eu vivenciei nesse período. Quando eu tinha dez anos eu tentei escrever um livro sobre uma menina que um dia havia acordado e virado um inseto, chamava "Mirela, a Moska", e atingiu 40 páginas. Como minha mãe se mudava bastante de cidade, a gente perdeu muitas coisas pelo caminho, e nisso perdi quase tudo que eu escrevi antes dos 12 anos, também, inclusive os primeiros capítulos e rascunhos do Vale dos Segredos (na época eu ainda não sabia que iria se chamar Delenda). Por isso desanimei e, quando voltei pra São Paulo, em 2005, me dediquei um tempo apenas à composição musical e poemas, e voltei a escrever em 2010, quando inscrevi o Vale dos Segredos para o concurso literário do Sesc. A partir de 2011 comecei a frequentar eventos literários, e foi aí que percebi que poderia levar a carreira de escritora à sério!


2 - De onde vêm os seus personagens? São inspirados em pessoas reais?
Eu costumo ter sonhos muito lúcidos quase todas as noites, e com isso sempre tive a imaginação aflorada; gostava de desenhar e comecei a criar personagens ainda aos sete anos, nos quadrinhos - e alguns deles estarão em Castelformia! Mas eu me inspiro, sim, em muitas pessoas que eu conheço, e é bacana fazer associações - principalmente porque você pode matar o personagem tranquilamente - hahahahhaa que horror, brincadeira, gente xD Mas é que, na verdade, assim você já consegue ter uma imaginação mais sólida acerca das personagens que criou, ainda mais quando são muitas!

3 - No início, que tipo de escritor/livro te influenciou? E agora? 
Quando eu tinha dez anos comecei a criar gosto pela leitura, e aí me apaixonei pelos livros da Lygia Fagundes Telles (na época eu li Ciranda de Pedra); também li Júlio Verne e todos os clássicos pedidos na escola, gostei bastante de Machado de Assis e de José de Alencar, e lembro de dois livros que me impressionaram nessa fase: O Romance da Múmia (Gautier) e O Príncipe Fantasma (Ganymédes José). Aos 11 anos eu me apaixonei por A Boa Terra (Pearl S Buck) e Naquela Época Tínhados um Gato (livro adulto e bem pesado do Nelson de Oliveira), além de Harry Potter, é CLAROOO. Depois disso tive a minha fase Anne Rice, e por aí vai. Atualmente eu leio de tudo um pouco, e quem quiser pode acompanhar minha estante pelo Skoob (Amanda Reznor), que mantenho sempre atualizada, e tem tudo o que eu já li (ou quase tudo, rs) desde que eu era pequena, além de acompanhar o Criador de Mundos, programa literário da Rádio Geek de que faço parte e que vai ao ar toda quinta-feira, das 18h às 20h, onde falamos sobre livros que estamos lendo, novidades, entrevistamos autores etc! :D

4 - Qual de seus personagens é seu favorito? Por que? O que ele significa para você? 
Que pergunta difícil (risos)! Hmm... Bom, vou ter que escolher um, já que não tem jeito, então vai ser a Greta. A Greta aparece no Delenda, mas ela é uma personagem antiga, que eu costumava desenhar com 11 anos, baseando-me em uma foto da Ana Paula Arósio de uma caixa de tinta para cabelos castanhos escuros, acho que da L'Oreal haha. Eu inventei uma história nessa época que não foi adiante, mas era com a Greta e já envolvia muitos mistérios e acontecimentos estranhos, assim como acontece com a Cláudia no Delenda & o Vale dos Segredos. Mas a Greta voltou com força total, e agora ela traz uma história forte que irá ligar a sequência de livros do Vale - sem mais spoilers!! rs Mas, falando da Greta, ela é bonita, madura, complexa, antiga, feiticeira, astuta, mas com tudo isso ela ainda consegue cometer erros terríveis, por conta da responsabilidade imensa que envolve sua terrível missão!

5 - Quais são seus projetos para um futuro próximo? Pretende lançar mais livros? Se sim, fale mais sobre a sua próxima obra.
Ah, com certeza! Sei que estou atrasada por conta do mestrado e do trabalho, além dos filhos pequenos etc, tudo isso tem me consumido bastante tempo, mas os projetos não param - e além do Castelformia, que estou escrevendo agora (já passei da página 100), e de futuros livros da série Vale dos Segredos, eu tenho um rascunho para uma obra um pouco mais técnica, mas que não deixará de envolver o maravilhoso e o sobrenatural - Estórias que Não entendemos, um livro sobre atividades paranormais e relatos reais, com pesquisa de campo e literária sobre o assunto. Vai ser um livro de difícil produção, mas que terá uma finalização muito boa, se sair conforme estou planejando, rs. E também tenho duas antologias em produção com outros autores, ambas de terror e literatura fantástica - Sala de Cirurgia, sobre contos de terror na área da medicina, e Mil e uma Mortes, uma compilação baseada nas Mil e uma Noites!

6 - Muito obrigada Amanda pela atenção, não preciso nem dizer o quanto sou fã de Delenda né? Até hoje me pego pensando nos personagens <3. Gostaria de dizer alguma coisa para os leitores? Obrigada mais uma vez. 
Eu que agradeço de verdade pela oportunidade de estar aqui falando do meu trabalho para vocês!! Quero dizer aos leitores que eles podem contar com meu carinho, mas que pelas redes sociais está cada vez mais difícil acompanhar todas as mensagens e publicações, por isso por favor, venham me encontrar nos eventos, participem do Fã Clube no Face (http://bit.ly/1TTI1EV) e no whats (solicitar acesso por e-mail, amandareznor@hotmail.com), e assim podemos manter um contato maior e nos divertirmos, é claro! - Até porque eu gosto de brincar muito com o pessoal, e não tem essa de serem "meus fãs", eu sou fã deles também, cada um com seus talentos, muitos são autores iniciantes, blogueiros e mantêm canais no YouTube, e eu sou muito grata de ter a amizade e o carinho de todos vocês!!

Sobre a autora: 

Amanda Reznor registra histórias desde que aprendeu a escrever. É também apaixonada por toda forma de arte, cultivando o canto, a dança, o desenho, a pintura, o teatro, a composição musical e fotografia. Tem muitos projetos em mente, tanto na escrita quanto na área musical e multimídia, e como a qualquer bom leitor, cada livro digerido lhe fornece um novo leque de possibilidades fantásticas. Interessada no fomento à leitura, participou de eventos e programas de incentivo, como do Projeto de Mão em Mão, parceria entre a Prefeitura de São Paulo e a Editora UNESP, e do blog Concursos Literários.


Gostaram? Amei as respostas da Amanda <3
Todo domingo vai ter uma entrevista aqui para vocês, eu acho incrível saber mais sobre os autores, as inspirações e tudo mais. 
Já conheciam o trabalho da Amanda? Querem conhecer? Me conta tudo aqui nos comentários <3

Beijos!


4 comentários

  1. Oi Aline!
    Eu adoooro entrevistas, sempre fico curiosa para conhecer melhor a autora e suas obras.
    Parabéns pela conquista!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Ótima entrevista.
    Não conhecia a autora, mas foi ótimo saber mais sobre seu trabalho e sobre a escrita. E gente, preciso ler HP urgentemente kkkk sinto muita vergonha por não ter lido ainda.

    tenha uma ótima semana
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  3. Oi Aline!
    Adorei a entrevista com a Amanda! Ainda não li os livros dela, mas tenho vontade.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  4. Oi, Aline.
    Sempre acho interessante entrevistas com autores de livros.
    Assim sabemos mais sobre como começaram a escrever, suas inspirações e projetos futuros.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir

Copyright © 2018 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo