04 março, 2018

ENTREVISTA #13 | Autor Jonas Zair


1 - Como você percebeu que queria ser escritor?
Eu gostava muito de fazer redações quando adolescente. Por brincadeira passei a criar alguns contos para sites e comunidades de escrita no orkut. Ao receber boas críticas tomei coragem para levar a sério e então nunca mais parei.

2 - Tem algum personagem favorito? Se sim, por quê? O que ele significa para você?
Excêntrico, metódico e frio na dose certa. Sullyvan (Relatos de sangue) é o meu personagem favorito. Apesar de toda sua frieza ele é humano e passivo de erros, mas para mostrar sua força e capacidade ele abraça o problema para si e não tem medo de ir a guerra. Para mim ele significa perseverança, força e liderança. Ele acredita em seus ideiais e luta por eles até o fim. Ele pode incomodar com o seu jeito egocêntrico, mas consegue arrancar admiração até dos inimigos.

3 - Foi difícil chegar até uma editora e publicar seu primeiro livro?
O autor brasileiro passa por muitas dificuldades para conseguir publicar, principalmente os iniciantes. Mas fui muito feliz ao ter várias propostas diferentes para a publicação. Não foi tão dificil chegar à  uma editora, mas é uma tarefa complicada encontrar uma que faça um bom trabalho respeitando o autor e sua obra. O cenário precisa melhorar muito!

4 - Você faz muitas pesquisas antes de escrever uma história?
Sim, principalmente quando o tema é algo que não tenho pleno conhecimento. Acho importante reconhecer que não sabemos de tudo.
Como procuro trazer veracidade em minhas histórias sempre faço pesquisas profundas para construir o melhor enredo possível ao leitor.

5 - Existem muitas cobranças por parte de seus leitores?
Hoje não, mas quando postava no Wattpad tinha uma certa pressão para os capítulos sairem logo. Mas em geral não! Meus leitores são todos maravilhosos.

6 - Por que motivo escolheu o gênero suspense/mistério?
Sempre foi minha preferência de consumo quando se trata de ficções, seja séries  filmes, games e livros. Mas eu descobri que era isso que queria escrever quando estava no ensino médio e a professora de português pediu aos alunos que fizéssemos uma releitura de "A canção do exílio" de Golçaves Dias. Então fiz uma versão obscura e misteriosa. Consegui elogios da professora que disse que se arrepiou. Então não parei nunca mais.

7 - Quais são seus projetos para um futuro próximo? Pretende lançar mais livros?
Este ano além de continuar divulgando "Relatos" pretendo lançar dois livros. Um pela Amazon e outro físico. E mais alguns contos durante o ano.

Gostaria de deixar algum recado para os leitores do Lost Words, e para seus futuros leitores?
Muito obrigado a todos que estão lendo essa entrevista e um abraço especial aos meus queridos leitores que são muito queridos. Agradeço tambem a Aline que abriu as portas para o meu livro e tem sido uma parceira incrível.
Eu espero que você leitor do blog dê uma oportunidade aos autores nacionais que são tão bons quanto os estrangeiros. A criatividade do brasileiro é muito grande e temos muitos tesouros escondidos!


Sobre o Autor: 

Jonas Zair Vendrame:  Vive no interior de São Paulo. Gosta de dias tranquilos ao lado das pessoas que ama. Amante de filmes, séries, vídeo games e futebol. Tira de suas paixões inspiração para suas ficções. Foi em um momento difícil e dolorido após uma cirurgia que teve a iniciativa de escrever “Relatos de Sangue”.






Instagram | Página no Face | Aonde Comprar: Amazon ou Skull | Site | Wattpad


Espero que tenham gostado <3
Beijos!


6 comentários

  1. Hello Aline!
    Adoreeeei a entrevista e gostei de conhecer mais o autor.Me identifiquei muito com ele quando ele falou sobre as cobranças dos leitores no wattpad, pois estou postando uma história lá e as vezes a pressão deles me trava para escrever. Parabéns e sucesso ao autor. 😊

    ResponderExcluir
  2. Oi, Aline.

    É bom sabermos um pouquinho sobre um determinado autor.

    E realmente, autores iniciantes, principalmente brasileiros, têm muitas dificuldades para conseguirem que seus livros sejam publicados. Não são valorizados e nem têm seu devido reconhecimento!

    ResponderExcluir
  3. Oi Aline, gostei muito da sua entrevista porque assim temos mais e mais a dimensão de como uma pessoa assim como nós começou o processo de escrita e conseguiu publicar o seu livro, nós desse lado achamos vez ou outra que é fácil, mas no fundo não é não!

    ResponderExcluir
  4. Gostei das respostas do autor, foram sinceras e simples. Realmente ser escritor nacional não é fácil, muitas vezes levam mais não do que um sim, mas não pode desisti .

    ResponderExcluir
  5. Adorei entrevista é sempre legal conhecer mais a respeito do autor E concordo com o que ele disse é sempre bem difícil que o escritor brasileiro tenha seu livro publicado é um caminho muito longo a ser percorrido

    ResponderExcluir
  6. Adorei a entrevista com Jonas Zair,desejo um enorme a ele com sua carreira de escritor e achei bem legal a forma que ele teve seu contato com a escrita por meio de redações e da brincadeira em criar alguns contos,escrever virou coisa séria.
    Adoraria ler a versão do Jonas da Canção do Exílio e assim como ele amo suspese e mistério e assim como ele,concordo que o Brasil precisa investir em um cenário melhor mais escritores brasileiros.

    ResponderExcluir

Copyright © 2018 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo