17 julho, 2018

RESENHA | Remoto e Improvável - Guilherme Olí e Paloma Leite

Título: Remoto e Improvável
Autor: Guilherme Olí
Editora: PerSe
Páginas: 120
Gênero: Romance
Ano: 2014
Skoob 
E-book cedido pelo autor
Sinopse: Um homem e uma mulher se conhecem e, por alguma razão misteriosa, se atraem. Por que não se entregar? Afinal, amanhã, ninguém sabe. Mas e quando há quilômetros de distância e inimigos clássicos de toda persistência amorosa entre eles? E quando nem os autores sabiam como esse romance terminaria e simplesmente deixaram-se levar por esse turbilhão de emoções vivido pelos personagens? Este é Remoto e Improvável! Conheça Tarso e Bia. Uma história epistolar, contada apenas em trocas de e-mails e sem um caminho preestabelecido. E pode ser que seja uma história de amor.
    
Será que o amor é capaz de juntar duas pessoas tão diferentes?
Tarso tem 37 anos, é cristão, e vive somente para o trabalho em uma cidade no interior de São Paulo; Bia com seus 28 anos, morando na grande São Paulo, gosta da sua liberdade, sai com vários homens, e mora sozinha com seu gato. 
Através de uma convenção da empresa em que trabalham eles se conhecem e passam uma noite juntos, para Bia ele era apenas mais um mas, para Tarso que é tão religioso isso foi um pecado. 
Os dois começam a trocar e-mails, e um não para de pensar no outro, mas só amar não basta não é mesmo? Eles juntos vão enfrentar muitos obstáculos, e personalidades tão diferentes podem acabar com uma história que mal começou. 


Esse livro me conquistou logo nas primeiras páginas, é uma narrativa diferente, com trocas de e-mails do começo ao fim, e é através desses e-mails que vamos conhecendo a personalidade de cada um, suas histórias, medos, e a evolução dessa paixão. 
Apesar de ser um livro gostoso de ler, e rápido, a história conta com assuntos pesados, que vocês vão descobrir lendo Remoto e Improvável. 

Bia e Tarso trocam e-mails entre eles, e Bia também troca e-mail com seu melhor amigo que mora no apartamento ao lado, e isso foi ótimo para saber o que ela pensava de Tarso e entender melhor algumas situações, a mesma coisa acontece com Tarso que troca e-mails com um colega de trabalho/amigo e assim consegui saber suas opiniões sobre Bia.
Esse livro me emocionou muito, foi um turbilhão de sentimentos literalmente, eu chorei, sorri, gargalhei, fiz vários 'own' e terminei querendo mais. 
Os dois protagonistas evoluíram muito no decorrer da história, a Bia principalmente, fiquei muito feliz com suas conquistas no final do livro;

Já que o livro é todo narrado com e-mails, minha vez de deixar um aqui para os autores.

De: Aline Goettems Picoli 
Para: Guilherme Olí e Paloma Leite
Assunto: Obrigada!

Queridos Autores!

Estou escrevendo para agradecer essa história tão Remota e Improvável, acompanhar a escrita de vocês dois foi um grande presente para mim, um livro desses deveria ser lido por todos. 
Bia é incrível, sua personalidade me conquistou, me fez ver algumas coisas de forma diferente, e Tarso é um homem maravilhoso, achei linda sua fé, seu comprometimento e seu cuidado com todos ao seu redor. 
Só quero pedir uma continuação, quero saber como foi depois daquele final, e mais uma vez agradecer por juntos fazerem uma história que aqueceu meu coração; 

Com amor, Line!

Ps:. Quero um Tolstoi pra mim <3

Gostaram da resenha? Me conta aqui nos comentários.

Beijos!

14 comentários

  1. Amei a resenha e sua finalização com esse e-mail super fofo!
    A história parece ser super interessante, mas infelizmente não foi algo que me fez querer ler :(
    Gostei das diferenças de Bia e Tarso e dessa ligação que parece ser tão profunda e intensa.
    Espero um dia mudar de opinião e apreciar a leitura. Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Aline!

    Que lindo seu e-mail haha <3 Ahh, eu adoro histórias assim, que nós fazem rir, chorar, morrer de amores... haha Confesso que não gosto muito de livros que a narrativa é baseada em e-mails ou cartas, mas há algumas exceções.

    Adorei a resenha!
    Beijos,
    Cantinho da Escrita

    ResponderExcluir
  3. Haha amei seu e-mail de agradecimento <3
    Infelizmente já tive uma experiência com um livro que era nesse formato, e-mails's, mensagens e por ai vai e não consegui me prender na história e assim acho que a forma de narração seria um problema pra mim. Ainda assim, gostei da premissa e tua resenha tá bem animada, caso eu resolva dar mais uma chance a narração por mensagens irei considerar essa história com certeza ;0

    ResponderExcluir
  4. Olá, livros que são compostos por mensagens de email são bastante comuns, mas este consegue chamar atenção pela trama, que apesar de não entregar nada de inovador, conta com personagens que cativam ao mostrarem aos poucos suas personalidades. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Puxa, que bacana isso, ainda mais nesta era tecnológica que já vivemos diariamente! Acho que todo mundo hoje em dia, tem alguém meio que assim, virtual..rs
    Que sejam amigos, que são feitos pelas redes sociais e se tornam tão importantes, mesmo sem isso do toque, do abraço.
    Aí me pergunto sempre os motivos de não poder ser amor também.
    Sei lá, eu acredito!
    Por isso, adorei o enredo do livro e se tiver oportunidade, claro que quero muito saber o final desta história!
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Deve ser um livro bem fofo de se ler!! Duas pessoas com personalidades totalmente distintas, é claro que vão passar por alguns obstáculos,mas se eles realmente se gostam,podem fazer a relação dar certo,já torço por eles!!

    ResponderExcluir
  7. Olá Aline! Amei a resenha! Adoro livros escritos em forma de cartas e e-mails, acho que dá um toque bem pessoal dos personagens para a trama. Como uma grande fã de romances já estou suspirando só de ler essa resenha, pois na minha concepção uma boa história é aquela que faz o leitor passar por esse turbilhão de emoções e principalmente que o faz derramar lágrimas. Espero que os autores ouçam o seu apelo por uma continuação. Beijos

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito da resenha e amo romance, mas não curto muito livros sem narrativa, apenas conversas de e-mail. Se eu um dia tiver oportunidade de ler, eu iria ler e talvez goste de escrita assim.

    ResponderExcluir
  9. Li o livro @mor que segue essa mesma temática com diálogos no formato e-mail o livro todo e abandonei em menos da metade,achei monótono e peguei birra de livro assim. Quando puder acho que darei uma chance a esse,quem sabe não mudo de ideia né? Mas que bom que você se encantou por ele.

    ResponderExcluir
  10. Que amor! <3
    Eu costumava ser avessa á ideia de ler livros que contenham e-mails, mas depois de ler "Aos Perdidos, Com Amor" (embora eles não estejam tão centralizados no livro), me apaixonei pela expetativa de aguardar uma resposta de quem se ama. Não tenho certeza se irei gostar da dose deles nesse livro, mas amo um bom romance. Espero poder ler.

    ResponderExcluir
  11. Aline,
    Vejo poucos romances por aqui, até me surpreendeu KKK
    A história parece mesmo um amorzinho, esse negócio de relacionamento a distância me conquista sempre, eu só não curto tanto a religião inserida, mas também entendo o personagem!
    Já li alguns livros nesse formato, de e-mail, cartas, etc, e são leituras que fluem muito bem, acertaram na narração!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Mana. Que resenha mais linda. *--* Senti tudo que você sentiu só de ler ela. Adoro romances com esse tipo de personagens diferentes mas que ao decorrer vão mudando para melhor. E a capa e a sinopse do livro mds já quero loucamente esse livro em mãos para ler e senti tudo que você sentiu quando leu também. Bjs

    ResponderExcluir
  13. Aline!
    Bem diferente e inovador o romance narrado através da troca de emails.
    Gostei da sua criatividade em enviar um recadinho para o autor através de um email, parabéns! Tão inovador quanto o livro.
    Bom final de semana!
    “O prazer dos grandes homens consiste em poder tornar os outros felizes..” (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JULHO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir

Copyright © 2018 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo