02 janeiro, 2019

RESENHA | Conto de Areia - Jim Henson

Título: Conto de Areia
Autor: Jim Henson
Editora: Pipoca & Nanquim
Páginas: 164
Gênero: HQ, comics, mangá
Ano: 2018
Skoob 
Livro cedido pela Editora
Sinopse: Na trama, um homem comum, Mac, que chega a uma cidade do sudoeste norte-americano, é levado a participar de uma estranha aventura. Então, ele passa a ser perseguido pelo deserto, por um homem misterioso e feras de proporções inimagináveis.
O roteiro deste que foi o único longa-metragem que Henson nunca chegou a filmar, acabou nos arquivos da The Jim Henson Company. Com arte de Ramón K. Pérez (Wolverine e os X-Men, Gavião Arqueiro), a obra finalmente ganhou vida no formato de uma graphic novel. Ganhadora de três prêmios Eisner em 2012 (Melhor Álbum Gráfico, Melhor Desenhista e Melhor Design de Publicação), dois prêmios Harvey (Melhor Álbum e Melhor História) e também do Joe Shuster Award.                      
                 
Em Conto de Areia Mac chega em uma cidade do Oeste Americano onde é recebido como herói, mesmo sendo um homem comum; o Xerife simplesmente lhe dá um mapa (podendo não servir para nada), com o objetivo de Mac chegar ao alto da montanha, sem nenhum motivo também. Todos estão comemorando e incentivando Mac a ir, mas nessa aventura ele precisa 'fugir' de vários inimigos com uma única intensão: mata-ló.


Conto de Areia não possui uma lógica, podendo passar ao leitor várias mensagens. Mac vai atravessar lugares surreais, e situações ilógicas; na minha opinião essa história representa uma manifestação da mente do autor (um verdadeiro gênio), com efeitos profundos sobre a experiencia do consciente, ou seja, sentido contrário a lógica; mas acredito que se você ler, vai acabar tendo outra interpretação. 
Essa edição é sem dúvidas uma obra de arte, Pérez fez um trabalho maravilhoso, tanto com os personagens quanto  com os cenários e mudanças repentinas. É um quadrinho com poucos diálogos mas as ilustrações falam por si. As cores usadas também merecem destaque, começando pela capa que brinca com um contraste  primoroso. 

Henson tem uma criatividade intérmina, essa HQ foi um roteiro esquecido e acredito que isso foi um ponto positivo. Não sei se um filme poderia passar todas as sensações que essa HQ me passou. 

Uma história frenética, em uma edição que dá orgulho de ter na estante. Mais uma vez a Editora Pipoca & Nanquim mostra o amor pelos quadrinhos através de uma edição espetacular. 

Recomendo a leitura para todo amante de uma boa história em quadrinhos!

Compre Aqui: Amazon 

Beijos, e feliz 2019 <3

19 comentários

  1. Fiquei extremamente curioso com o Conto de Areia por você ter mencionado sobre a história poder deixar diversas mensagens diferentes, não posso negar que fiquei extremamente intrigado. Me questionei sobre o porquê de Mac ser considerado herói e o porquê da viagem, mas acredito que só me restará a leitura para entendimento!

    ResponderExcluir
  2. Apesar de não ser um universo que eu entenda muito, adoro estas novidades em Hq's que vivemos encontrando pelo mundo literário.
    Não tinha visto ou lido nada a respeito deste trabalho, por isso, estou aqui encantada com tudo que li acima.
    Estas viagens normalmente costumam mandar o leitor viajar junto e eu adoro isso.
    Se tiver oportunidade, quero sim, conferir!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi, Aline!
    Feliz ano novo!
    Gostei da resenha mas acho que poderia ter fotos das ilustrações, pois acho que em uma hq isso acaba se tornando mais essencial que a história em si, o que mais me deixa curiosa...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Não sou muito de HQs (ainda), mas vira e mexe tem algumas que me interessam. Essa me interessou, além de ser do Jim Henson (também considero o cara um gênio), os inúmeros prêmios e sua resenha me deixaram curiosa.
    No começo da leitura da resenha cheguei a lembrar do Roland no primeiro livro da Torre Negra, um homem misterioso, fugindo de outros que queriam matá-o, num cenário que lembra o meio oeste americano (ao menos na minha imaginação), sem lógica aparente ou linha de raciocínio e achei sensacional.

    ResponderExcluir
  5. Muito curioso. Chamou minha atenção. A sensação de toda leitura varia de leitor para leitor, mas essa realmente deve ser uma mudança drástica para cada um que lê.

    ResponderExcluir
  6. Não tenho o costume de ler Hq, mas acho que é um gênero muito admirável. Fico encantada como conseguem transmitir tanto, e esse livro parece que segue essa linha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Não é de agora que vejo apenas ótimos comentários dessa HQ e venho namorando ela. Ela realmente parece ser uma edição impecável e eu amo essa capa.
    E não, acho que filme ou série alguma passaria a sensação que a HQ tem a capacidade de passar!!

    ResponderExcluir
  8. Vi sua resenha no Instagram e como estava com esse quadrinho aqui em casa para ler, parei tudo e fui ler é claro. Senti a mesma coisa que você, acredito muito que essa história foi um escape para a mente do autor, já era fã do cara, agora então isso só ficou mais intenso. Parabéns pela resenha e manda essa cerveja pra cá
    vlw

    ResponderExcluir
  9. Sempre estou vendo elogios sobre essa HQ e também pra ter recebido tantos prêmios realmente deve ser bem interessante, fiquei bem curiosa pra conhecer.

    ResponderExcluir
  10. Aline,
    Sempre acreditei que as interpretações de um livro depende de quem os lê também, nesse caso, quando me deparo com uma história cheia de mensagens, vejo que elas podem se modificar de leitor para leitor, acho isso bacana demais.
    Como você já sabe, não sou de ler Hq's, na verdade dou uma fugida delas kkkk Mas me identifiquei um pouco com essa, com esse caminho que o protagonista tem que percorrer, e também, fiquei curiosa para o real significado dele.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, Aline!
    Feliz ano novo!!! Que 2019 seja de muita paz, saúde e alegrias e claro de leituras maravilhosas como esse quadrinho. Já tem um bom tempo que não leio nada em relação a histórias em Hqs mais sou apaixonada por histórias assim tanto que já separei um tempo para ler a HQ Atômica nesse inicio de janeiro.
    Bjos

    ResponderExcluir
  12. Só pela capa dá pra se perceber que é uma bela de uma HQ!! Fiquei curiosa para conhecer a história e como eu interpretaria todos os fatos que acontecem com Mac, também desperta curiosidade em saber o porque tem pessoas querendo mata-lo, só lendo pra descobrir!!

    ResponderExcluir
  13. Uma história bem louca!! Gosto quando o autor nos deixa livres para imaginar os motivos reais de todas as atitudes dos personagens. Mas gosto quando isso tem uma explicação no final, é claro rsrs
    A história parece ser muito boa mesmo. E eu adorei a arte da capa.

    Bjos

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Me instigou o fato desse livro passar várias mensagens diferentes e é bastante interessante que a interpretação varia de leitor a leitor nessa HQ

    ResponderExcluir
  15. Sou tão disléxica que vi CONTO DA AIA kkkkk
    Enfim, acho super válido ler HQ. Algumas são verdadeiras obras de arte e deveriam ser mais valorizadas.
    Gostaria de ver mais fotos dos desenhos de Conto de Areia.
    A possibilidade de diferentes interpretações é o que me deixou mais interessada em ler. Poder discutir sobre o que leu com outras pessoas e ver de diferentes pontos de vistas não tem preço.

    Agora quero descobrir a história de Mac e por que querem matá-lo. E também, o que há no alto da montanha (ele parece estar bem contemplativo na capa rs)

    ResponderExcluir
  16. Parece ser uma HQ muito boa e caprichada, deixa o leitor curioso em relação porque o personagem tem que ir no alto da montanha mesmo correndo riscos, gera reflexões e questionamentos, deve ser uma leitura que envolve para tentar entender onde o autor quer chegar.

    ResponderExcluir
  17. Olá Aline!
    A HQ apresenta uma complexidade que exige uma interpretação cuidadosa por parte do leitor, que deve associar as gravuras e a trama para obter a experiência completa proposta pela obra, que impressiona pela criatividade e originalidade. Também partilho da opinião que uma adaptação não seria suficiente para transmitir toda a essência de Conto de Areia, contudo acredito que um filme derivado proporcionaria uma ótimo entretenimento.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Olá Aline.
    Eu fiquei bem confusa com relação a premissa da Graphic Novel, mas também fiquei bem curiosa para conhecer devido aos seus elogios. As edições da Pipoca e Nanquim são maravilhosas. Quero ler.
    Beijos

    ResponderExcluir

Copyright © 2018 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo